Pesquisar no site...

Com a pandemia da covid-19 surgiram novos hábitos, fazendo com que as instituições tivessem que se adequar às mudanças nas relações de trabalho e comportamento das pessoas. Manter o distanciamento dos colegas, evitar cumprimentos com abraços e apertos de mão, não almoçar com um amigo em um restaurante, usar máscara durante todo o expediente, higienizar frequentemente as mãos são algumas considerações de funcionários do Crea-MG diante da nova rotina. 

Desde o início, o Crea-MG adotou diversas medidas no combate ao novo coronavírus. A mais recente está sendo a organização  de espaços para realizar a Sessão Plenária, paralisada desde março, tanto de forma presencial quanto por videoconferência. A intenção é que os conselheiros fiquem distribuídos em três ambientes para manter o distanciamento adequado e evitar aglomeração. Alguns testes estão sendo feitos para que a votação ocorra pelo celular, por meio de um aplicativo. 

Além dessas providências, o Conselho implantou totem de álcool gel e tapetes de desinfecção na entrada da sede e acesso ao estacionamento. Segundo o gerente de Recursos Humanos do Crea-MG, Lucas Tavares, o Conselho está tomando os cuidados necessários. “Medimos a temperatura de todos que entram na sede, disponibilizamos álcool em gel para os funcionários e para uso dos profissionais no atendimento, exigimos o uso de máscara em todo o período de permanência no prédio do Crea, fizemos as sinalizações de distanciamento adequado, seguindo orientações dos órgãos competentes”, ressaltou. O Crea-MG ainda instalou divisórias de acrílico para garantir a segurança dos profissionais e dos funcionários. Também intensificou a limpeza e desinfecção de escadas, banheiros e elevadores, redobrando os cuidados contra o novo coronavírus.